EDITAL PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM RECURSOS FLORESTAIS ANO ACADÉMICO 2022

Estão abertas candidaturas para o programa de Doutoramento em Recursos Florestais com área de
concentração em: (1) Silvicultura e Maneio Florestal; (2) Ambiente e Vida Selvagem e (3) Tecnologia
de Produtos Florestais na Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal da Universidade Eduardo
Mondlane.

Objectivos do programa de doutoramento
Oprogramavisacriaroportunidadesparaqueodoutorandoadquiraconhecimentosecompetências, sobretudo na
concepção, planeamento e execução de investigação nas áreas de Silvicultura, Maneio, Ambiente e
Vida Selvagem, Tecnologia de Produtos Florestais no desenvolvimento de habilidades de comunicação
científica, capacidade de aprendizagem contínua e competência para formar novos investigadores.

Grupo-alvo
Poderão candidatar-se profissionais com Mestrado Académico em Ciências Florestais, Agrárias,
Biológicas, Ambientais ou áreas afins. Poderão igualmente ingressar os candidatos com Mestrado
profissionalizante desde que possuam o número de créditos equivalente ao mestrado académico,
devendo igualmente possuir experiência de investigação comprovada de pelo menos 3 anos na área a
que pretendem candidatar-se.

Organização do programa
Para o ano académico 2022, o programa abre 15 vagas, das quais 5 para Silvicultura e Maneio
Florestal, 5 para Ambiente e Vida Selvagem e 5 para Tecnologia de Produtos Florestais. O
doutoramento é no modelo de ensino híbrido, presencial, com uma componente lectiva e outra de
pesquisa e tem a duração regular máxima de 4 anos, exigindo dedicação a tempo inteiro. O primeiro
ano é dedicado à frequência de disciplinas e os restantes três à pesquisa para a tese e
participação em conferências.

Propinas
A taxa de matrícula é de 15. 000,00MT, o valor da propina anual será pago em 12 fracções de 20.
000,00MT e a taxa de inscrição para a tese de doutoramento é de 75. 000,00MT.

Bolsas de estudo
A Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal tem disponíveis duas bolsas de estudo que cobrem
estipêndio, propinas, e despesas de pesquisa. Estas bolsas serão disponibilizadas a candidatos que
forem admitidos ao programa de doutoramento e submeterem candidatura (a ser anunciada
oportunamente) e serem seleccionados de acordo com os critérios das bolsas. As bolsas serão
disponibilizadas através da Cátedra Oliver Tambo sobre “Adaptação às Mudanças Climáticas Baseada em
Ecossistemas na região semiárida do Vale do Limpopo”. Entretanto, encoraja-se a todos os candidatos
a procurarem bolsas através de outras instituições especializadas.

Procedimentos de candidatura
• Formulário de candidatura devidamente preenchido;
• Requerimento de candidatura dirigido ao Director da Faculdad
• Certificado de habilitações literárias;
• Certificado de disciplinas feitas no mestrado e respectivos créditos e classificação;
• Carta de autorização dos serviços (para os candidatos com emprego);
• Curriculum Vitae;
• Fotocópia do BI ou Passaporte;
• Carta de motivação do candidato;
• Duas cartas de recomendação;
• Uma pré-proposta científica; e
• Comprovativo de que dispõe de recursos financeiros suficientes para o pagamento da taxa de
matrícula, propina anual, execução do projecto de pesquisa proposto e taxa de inscrição para a tese
de doutoramento.

Instrução dos Processos
de Candidatura Os processos de candidatura
devidamente instruídos deverão dar entrada até ao dia 30/6/2022 e os resultados das candidaturas
serão divulgados até ao dia 15/7/2022. O início do programa está previsto para o mês de Setembro de
2022.

Submissão na Secretaria da Pós-graduação da Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal.
Informação adicional pode ser obtida nesta Secretaria ou através dos seguintes emails:
mestrado.faef@uem.mz;
mariopaulofalcao@hotmail.com